17 de junho de 2020, 11:02

CLAREAMENTO DENTAL

Compartilhe

Os nossos dentes podem escurecer por diversos motivos, como idade, tabagismo, alimentação, traumas ou aspéctos genéticos. Este escurecimento dos dentes pode trazer repercussões para a estética e até a auto estima destas pessoas. A notícia boa é que podemos clarear os dentes para melhorar a sua aparência!

Como funciona o clareamento dental?

O clareamento tem a função de remover pigmentação do dente, sem remoção de estrutura dentária. Por isso que o clareamento dental deve ser feito com acompanhamento de um dentista, já que as pastas de dente clareadoras ou moldeiras compradas em farmácias acabam desgastando o esmalte do dente para clareá-lo.

O dente é composto por algumas camadas, sendo a mais externa o esmalte e a camada intermediária a dentina. O gel clareador que utilizamos, a base de peróxido de hidrogênio ou carbamida, penetra diretamente na dentina, quebrando as moléculas que causam o escurecimento do dente, preservando totalmente o esmalte dental.

O clareamento dental pode ser feito em casa ou em consultório odontológico. No caso do clareamento caseiro, é realizada uma moldagem da boca do paciente e então ele receberá moldeiras com o gel clareador que deverá usar em casa, por período determinado pelo profissional. Já no caso do clareamento em consultório, são 3 sessões de 40 minutos a 1 hora em que o dentista aplica o gel clareador no paciente com ajuda da luz, que acelera o processo. É possível ainda associar o método caseiro ao de consultório também.

Para saber qual método é mais indicado para você, agende uma consulta conosco podermos lhe orientar.

Qualquer um pode fazer clareamento dental?

O clareamento dental pode ser realizado pela maioria das pessoas, com algumas excessões como gestantes ou lactantes, pessoas com hipersensibilidade dental, pessoas com problemas bucais como cáries ou periodontite, e pessoas com restaurações extensas. Contudo, para saber se você pode clarear os seus dentes, é necessário fazer uma avaliação com um profissional.

O clareamento pode gerar sensibilidade dental?

Sim, a sensibilidade é um efeito colateral que pode estar associada ao clareamento dental. Pode ocorrer durante o tratamento e até alguns dias depois, mas existem métodos para controlar a sensibilidade, como pastas de dente ou analgésicos.

Quais os cuidados deve-se tomar durante o clareamento dental?

O ideal é que o paciente que esteja fazendo clareamento dental evite alimentos ou bebidas com pigmentação forte, como café, vinho tinto, suco de uva, ketchup, etc. Em casos de pacientes fumantes, o ideal é eliminar o hábito ou reduzir o número de cigarros durante este período.

Além disto, os pacientes devem tomar um cuidado redobrado com a higiene bucal e marcar controles periódos no dentista. O clareamento realizado sem acompanhamento profissional pode gerar efeitos irreparáveis, que envolvem até a necrose do dente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

©2020 Lourenço Odontologia. Todos os direitos reservados.